A anatomia e fisiologia dos animais vertebrados

Os animais vertebrados são aqueles que possuem uma estrutura interna de ossos que sustentam o corpo, sendo os mamíferos, aves, peixes, anfíbios e répteis os seus representantes. Cada um desses grupos apresenta diferenças anatômicas, mas também compartilham características em comum que os colocam na mesma classe.

Anatomia dos animais vertebrados

Os animais vertebrados possuem uma estrutura óssea interna chamada endoesqueleto, que tem como função principal sustentar o corpo e proteger os órgãos internos. Esse esqueleto é constituído por ossos que se ligam entre si por meio de articulações, possibilitando os movimentos do corpo.

Esqueleto dos mamíferos

Os mamíferos possuem um esqueleto formado por ossos em forma de eixo, como a coluna vertebral, e ossos planos que formam as costelas e o esterno. Além disso, eles possuem os membros locomotores, que são sustentados pelos ossos das cinturas escapular e pélvica.

Esqueleto das aves

As aves possuem um esqueleto bastante leve e resistente, sendo composto por ossos porosos e ocos que se interligam por meio de juntas fibrosas. As asas são formadas por ossos modificados que permitem o voo.

Esqueleto dos peixes

Os peixes possuem um esqueleto cartilaginoso, que é mais leve que o dos outros animais vertebrados. Esse esqueleto é composto por cartilagem, um tecido flexível que permite a movimentação do corpo debaixo da água. Além disso, os peixes possuem nadadeiras que são formadas por raios ósseos e nadadeiras adiposas que ajudam na flutuação.

Esqueleto dos anfíbios

Os anfíbios possuem um esqueleto formado por ossos e cartilagens. Esse esqueleto é mais simples que o dos outros animais, pois eles foram os primeiros vertebrados a se adaptarem ao ambiente terrestre. A coluna vertebral desses animais possui uma estrutura mais simples, sendo curta e com poucas vértebras. Além disso, eles possuem membros locomotores que auxiliam na locomoção pelo solo e na natação.

Esqueleto dos répteis

Os répteis possuem um esqueleto bastante parecido com o dos mamíferos, sendo composto por ossos em forma de eixo e ossos planos das costelas e do esterno. No entanto, os répteis possuem ossos mais leves, o que lhes permite se movimentar com maior facilidade em diferentes ambientes, como na água, no solo e nas árvores.

Fisiologia dos animais vertebrados

Além das diferenças anatômicas de cada grupo, os animais vertebrados também possuem características fisiológicas em comum. Essas características estão relacionadas aos sistemas do organismo, como o circulatório, respiratório e nervoso.

Sistema circulatório

O sistema circulatório dos animais vertebrados é formado por um coração e vasos sanguíneos que levam o sangue para todo o corpo. Em mamíferos e aves, o coração possui quatro cavidades, o que permite uma maior eficiência no transporte de oxigênio e nutrientes. Nos peixes, anfíbios e répteis, o coração é constituído por três cavidades.

Sistema respiratório

O sistema respiratório dos animais vertebrados é responsável pela captação de oxigênio e eliminação de dióxido de carbono. Os pulmões são os principais órgãos responsáveis pela respiração em mamíferos, aves e répteis. Já em peixes e anfíbios, as brânquias são os órgãos responsáveis por essa função.

Sistema nervoso

O sistema nervoso dos animais vertebrados é responsável pelo controle e coordenação das atividades do corpo. Esse sistema é formado por um cérebro e nervos que se ramificam por todo o organismo. Nos mamíferos e aves, o cérebro possui uma estrutura mais complexa, sendo responsável por funções como a tomada de decisões e a memória.

Conclusão

Os animais vertebrados possuem uma anatomia e fisiologia complexas e diversas, mas também apresentam características em comum que os tornam uma mesma classe. Compreender essas características é importante não somente para o conhecimento científico, mas também para a conservação das espécies e para a compreensão do nosso próprio funcionamento como seres humanos.